Festival Internacional de Jogos Musicais - Ingresso para o online

R$ 800,00
R$ 690,00
. Comprar  
10 Oficinas, 5 pocket games, apresentações, show de talentos!
40 horas!
 
Datas:  10 à 14 DE JANEIRO DE 2022 - segunda à sexta das 9:00 às 17:30
Carga Horária:  40 horas - 5 dias consecutivos - 
Incluso: Certificado e Apostila. 
Não incluso: Hospedagem e Alimentação.
Vagas: 40 participantes presenciais; 90 participantes online - 
Seleção: Primeiros Inscritos
Público Alvo: Educadores em Geral que tenham Interesse em Trabalhar com Educação Musical nas Escolas: Professores de Música, Artes, Educação Física, Polivalentes, Educação Infantil, Musicoterapeutas, Apaixonados por música
Pré Requisito: Nenhum mas noções básicas de música ajudam.
 

Investimento:  

DESCONTO DE 20% Até dia 30 de novembro ......

552,00 utilizando o CUPOM. Atenção! Apenas 25 cupons!!

Como eu faço pra adquirir o cupom? (CLIQUE AQUI)

A partir de 01 de dezembro valor normal 

ou até acabarem os cupons  R$ 690,00


 DESCRIÇÃO DAS OFICINAS DO FESTIVAL!

  

SEGUNDA - 10/01

“Jogos de Linguagem e Brincadeiras Musicais” - Estêvão Marques

Brincadeiras musicais que se entrelaçam com jogos de linguagem.  A gente pode desenvolver a capacidade de se maravilhar com as palavras que pipocam no nosso dia a dia. Cada letra tem um som e cada palavra está recheada de melodias e ritmos. O maravilhamento acontece quando transformamos as palavras em danças e músicas - uma verdadeira festa.

“Na Boca do Crocodilo” -Jorge Jimenez

A partir de um trava-lingua (castelhano) serão construídas 10 propostas didáticas em educação musical para levar de forma prática e direta novas atividades na aula de música. A oficina segue o proceso Orff- Schulwerk e com as dinâmicas vivenciadas poderemos compreender como a linguagem, a música e o movimento se conectam para unir o encanto, o jogo e a aprendizagem.

“Pocket Instrumental Orff” -Uirá Kuhlmann

Conheça as principais características e filosofia da abordagem Orff-Schulwerk para o ambiente do Instrumental de lâminas (xilofones e metalofones) numa oficina de 60 minutos que vai te provocar a querer aprender muito mais sobre esse fantástico mundo das teclas percutidas.


 

TERÇA - 11/01

“Música Insólita" - Jorge Jimenez (Espanha)

A partir de materiais imprevisíveis, como sacolas plásticas, desentupidores de pia, baldes e potes o professor Jorge Jimenez Lafuentes abordará um ambiente de investigação e sonoridades, propondo abertura de vozes, improvisação, sequências rítmicas, ideias de movimento e um cenário de timbres e de performance musical estimulante. 

“A ressignificação dos objetos em jogo: Criação de instrumentos musicais" - Mauro Tanaka

Que sonoridades surgem das desobediências e da escuta sensível de si, do outro, dos objetos e do entorno?  Nesta oficina, proponho a desinvenção dos objetos e a criação de caossonâncias e decomposições musicais. Criaremos juntos, instrumentos sonoros simples, a partir de objetos do cotidiano com pequenas modificações. A ideia é inspirar crianças, educadores e adultos a construir suas próprias ferramentas de expressão musical.

“Layout Games com Bambolês” -Uirá Kuhlmann

A partir de alguns layouts que organizam os bambolês, jogos musicais são desenvolvidos para trazer, experiência, criação, movimento e conhecimento de conceitos musicais. Estética, Ética e Lógica no processo musical!


 

QUARTA - 12/01 

“Criatividade com Arte" - Estêvão Marques

“Batucada Song: música criativa” traz à tona propostas para a construção e desenvolvimento de arranjos musicais a partir dos estímulos melódicos e rítmicos providos por canções e brincadeiras multiculturais. O encantamento acontece quando traduzimos a música para o nosso corpo. Um processo de um arranjo colaborativo, criativo onde todos constroem uma maravilhosa festa com dança e instrumentos musicais.  

“Músicas, Brincadeiras e Danças do Mundo -  por uma Educação Musical diversa!” - Gabriel Levy

Atualmente tem se buscado romper com os padrões eurocêntricos da Educação Musical. Gabriel Levy se dedica há décadas às estéticas músicas do mundo, em especial as não-hegemônicas, e vem compartilhar essa experiência de músico-educador que transita em muitos mundos musicais, escolhendo dentro desses universos sonoros um vasto repertório de jogos, canções e danças que podem ser usados facilmente pelos educadores em sala de aula.

“Pocket Bolabatuta: Sons que pulam” - Uirá Kuhlmann

Bolas são ritmo por natureza quando estão em nossas mãos. Ela pode nos trazer diversas descobertas sobre música, pulso, compasso, divisão, métrica, vozes, funções e muito jogos são provocados pelo ambiente estimulante que a bola nos presenteia!


 

QUINTA - DIA 13/01

 “Música como Linguagem na 1a. Infância - parte 1”  - Nadja Lopes

Conheceremos as fases de desenvolvimento musical que abrangem o aprendizado da música nos primeiros anos de vida, assim como atividades apropriadas para as faixas etárias de 0 a 7 anos. Durante a oficina trabalharemos a audiação: o pensamento musical organizado e com sentido - que é um dos maiores diferenciais da MLT para o mundo da educação musical, e aprenderemos práticas da MLT que podem ser utilizadas em conjunto com outras abordagens na intenção de otimizar o aprendizado musical das crianças na primeira infância.

“Música como Linguagem na 1a. Infância - parte 2”  - Nadja Lopes

Continuação..

“Puppas! Uma banda animal” -Uirá Kuhlmann

Os encantadores bichinhos de látex e suas ricas conexões como instrumento, como arranjo, como escuta ativa e sinestesia sonora com o mundo da educação. Venha fazer parte dessa banda! 


 

SEXTA - DIA 14/01 

“Nos Bastidores da aula de Música: Currículo e Planejamento" - Ilza Joly

Uma conversa sobre Planejamento de aulas educação musical para crianças. A discussão dos conteúdos mais importantes e gradativos na abordagem de aulas para crianças. Como pesquisar, escolher temáticas, elencar canções para o desenvolvimento cognitivo, motor, afetivo, cultural e musical das crianças. Um trabalho prático e reflexivo sobre o desenvolvimento da criança e as possibilidades de um planejamento coerente e gradativo muito úteis para a autonomia de professores. O livro "No encanto dos passarinhos" entrelaça toda a aula da professora Ilza Joly.

“Jogos do Corpo/Música” - André Hosoi

O intuito dessa oficina é apresentar alguns jogos coletivos que utilizam os sons do corpo (voz, batida de pés, palmas, estalos, etc…) como instrumentos musicais únicos.  Desenvolvidos dentro da experiência de 25 anos no grupo Barbatuques e também em aulas para o ensino fundamental 2 para a pós-graduação de ensino musical. As competências envolvidas são a comunicação através dos sons, a escuta, a prontidão, o respeito ao coletivo, a improvisação, entre outros. Jogos como o da Flecha, Ecos, Sequência Minimal são desenvolvidos com regras adicionais específicas para que se foque em determinado fundamento musical, tais como arranjo, modos, escalas e padrões ritmicos.


OS PROFESSORES

 

André Hosoi

Formado em Música Popular pela IA/UNICAMP é co-fundador e o atual coordenador geral do Núcleo Barbatuques, que realiza trabalhos pedagógicos e de entretenimento usando como ferramenta a Música Corporal. Músico multi-instrumentista, produtor musical, professor, ilustrador e designer, é integrante do grupo Barbatuques desde 1995. Com o grupo, teve a oportunidade de se apresentar artisticamente e ministrar cursos, oficinas e workshops de percussão corporal por todas as regiões do Brasil e em mais de vinte países. Tocou e gravou com diversos nomes, entre eles Emicida, Hermeto Pascoal, Naná Vasconcelos, Bobby McFerrin, Chico César, André Abujamra, DJ Alok, Stenio Mendes, Marku Ribas, Emicida, Metá-Metá, Badi Assad, Banda Mirim, Palavra Cantada, entre outros. Como músico instrumentista, participou de diversos shows tocando com o grupo Cochichando e a sanfoneiro e cantora Lívia Mattos. Como compositor lançou oo álbum Junina (reeditado em 2017) que conta com a participação de Mônica Samaso, Luciana Alves, Benjamim Taubkin, André Mehmari, Fernando Barba, Vitor Lopes, entre outros. Como educador, leciona atualmente no Curso de Educação Musical da Faculdade Cantareira, no Colégio Vera Cruz 8ºs e 9ºs anos e como professor convidado da Sibelius University (Finlandia).

 

Estêvão Marques

Formado em música na FASM. Professor no The San Francisco International Orff Course, nos Estados Unidos. Ministrou oficinas na Turquia, Colômbia, Argentina, Uruguai, Espanha, Finlândia, Tailândia, Holanda, Noruega, Taiwan e Itália. Autor da coleção de livros "Historias que cantam" e Coautor da coleção de livros Brincadeiras e brincadeirinhas musicais. Diretor musical do CD/livro Muitas coisas, poucas palavras, de Francisco Marques (Chico dos Bonecos). Criador do curso online “Baile do Colherim”. Autor dos livros Musicais Colherim e Brasil for Children. Contador de histórias e já tocou com Palavra Cantada, Chico César, Antonio Nóbrega e com o grupo Barbatuques.

 

Gabriel Levy

Acordeonista, arranjador, compositor, educador e produtor musical tem atuado ao lado de artistas do Brasil e do exterior nos mais diversos estilos. Atua em alguns dos mais destacados projetos de músicas do mundo no Brasil  (Mawaca, Mutrib, Fortuna, Orquestra Mundana, Trio Kagurazaka, Kerlaveo,). É diretor musical de vários festivais como Na Dança!,  Ethno Brazil, Encontro de Música e Danças do Mundo (Bahia). Foi indicado a prêmios musicais como Melhor Produtor e Melhor Instrumentista. Seu CD Terra e Lua recebeu o prêmio Catavento da Rádio Cultura na categoria Música Instrumental. É co-autor da coleção Brincadeiras Musicais da Palavra Cantada e publicou  artigos voltados para a educação musical intercultural. É diretor da Magnífica Orchestra Paulistana de Músicas do Mundo, projeto artístico-pedagógico. Teve  suas composições interpretadas por renomados artistas como Duo Assad, Orquestra Refugi, Yo-yo Ma,  Paquito d’Rivera, entre outros. Mestre em Processos de Criação Musical /Educação Musical (ECA-USP)

 

Ilza Zenker Leme Joly

Graduada em Letras e Música, especialista em Musicoterapia, mestre em Educação Especial e doutora em Educação, com temáticas voltadas para a educação musical. Foi uma das fundadoras do curso de Licenciatura em Música da Universidade Federal de São Carlos. Atua como professora e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Música da mesma universidade, orientando alunos de mestrado e doutorado. Participa de congressos nacionais e internacionais de Educação Musical, e tem publicado diversos livros e artigos na área de Educação Musical.

 

 Jorge Jiménez Lafuente

21 anos como professor no ensino fundamental 2. Licenciado en Musicologa pela Universidade de Salamanca (1997) e Bacharel em Piano (1996). Formado em diversos cursos pela Asociación Orff España, atualmente realiza The Certificationn Orff Level Courses em San Francisco. Um de seus interesses em pesquisa são os objetos sonoros que podem formar parte da abordagem Orff Schulwerk na Educação Musical em geral. Desde 2004 desenvolve seu trabalho em Aula de Música no Instituto “Antonio Machado” de Soria. Seu trabalho se desenvolve junto ao grupo de professores Intercentros Soria y compartilha as informações com os colegas do centro com jornadas e cursos de profesores especializados.

 

 Mauro Tanaka Riyis

Artista sonoro, músico, oficineiro e luthier de instrumentos de cordas e de instrumentos alternativos. Estudioso e fabricante do instrumento africano Asalato; fundador e coordenador do grupo musical Escalafobéticos que faz música a partir de objetos do cotidiano ressignificados, membro da Orquestra do Corpo - grupo musical que faz música com o próprio corpo, organizada por Fernando Barba (Barbatuques), graduado em Educação Física e Música, Mestre em Educação pelo programa de pós-graduação da Universidade de Sorocaba - UNISO; integrante do Grupo Ritmos Estética e Cotidiano Escolar - GRECE e do Grupo de Pesquisas em Educação Musical - G-Pem IA UNESP.

 

Nadja Lopes

Cantora, educadora musical, compositora, palestrante e fundadora do Panderolê – Musicalização Infantil Personalizada, escola de musicalização em família situada em Brasília, e que adota a Music Learning Theory (MLT) de E. Gordon por base curricular. Licenciada em Educação Musical pela Universidade de Brasília (UnB) e Técnica em Canto Erudito pela Escola de Música de Brasília (CEP- EMB). Leciona com base na MLT há 16 anos e é professora certificada em Music Learning Theory para Primeira Infância nos níveis 1 e 2 pelo Instituto Gordon de Educación Musical España (IGEME) e em Early Childhood Level 1 pelo Gordon Institute for Music Learning (GIML) nos EUA. Desde 2017 ministra a a única certificação brasileira em Music Learning Theory: O curso “Biri biri Bam - uma abordagem musical com base na MLT” que acontece anualmente em Brasília. Também ministra o curso “Dudadi du - uma introdução a MLT de E. Gordon para a primeira Infância”, o única formação online sobre assunto no Brasil. Nadja acredita que a educação musical na primeira infância é capaz de mudar vidas e busca dar acesso a música como linguagem para as crianças brasileiras a partir da difusão e divulgação da Music Learning Theory.

 

 

 Uirá Kuhlmann

Formado pela EMESP em piano erudito, Licenciatura em Educação Musical pela UFSCar. Graduado em Orff - Schulwerk pela San Francisco School “The Certification Orff Program” e pela Escola do Movimento Ivaldo Bertazzo no curso de “Reeducação do Movimento”.  Consultor em educação musical ativa para educadores em geral, Endorsee da Boomwhackers (tubos sonoros) no Brasil e Diretor da Empresa Música e Movimento - Núcleo de Pesquisa e Formação em Educação Musical Ativa Ltda. www.musicaemovimento.com.br. Professor de Vivência Musical em Campinas/SP. Pesquisador e Arranjador na área da educação musical ativa e cultura brasileira. Professor de disciplina no curso de pós graduação no curso “A Arte de ensinar arte” da Faculdade Singularidades. Capacita professores em todo o Brasil e no Exterior. No Brasil já realizou cursos em mais de 40 cidades. No Exterior já ministrou cursos na Turquia, Espanha, Itália, Polônia, Argentina, Uruguai, Colombia, China e Hong Kong.

Veja também